Google+ Badge

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Estudo comprova riscos da gordura acumulada na cintura para a saúde

Nos Estados Unidos foi publicado um estudo que confirmou os riscos da gordura para a saúde. Desta vez, pra quem tem uns centímetros a mais na cintura, mesmo estando dentro do peso.
O peso está normal, mas uma grossa camada insiste em ficar acumulada na barriga. Pesquisadores da sociedade americana de câncer descobriram que a gordura acumulada no abdômen representa um perigo para a saúde e aumenta o risco de morte por doenças respiratórias, cardíacas e câncer. Os médicos examinaram cem mil pessoas, com mais de 50 anos.
A forma de medir a circunferência da cintura é usar uma fita métrica acima do osso do quadril. Os médicos consideram que tem obesidade abdominal mulheres com mais de 88 e homens com mais de 102 centímetros de cintura.
O novo estudo revelou que mulheres com cintura acima de 110 centímetros e homens com mais de 120 centímetros têm risco de mortalidade duas vezes maior do que os que não têm excesso de gordura na região do abdômen.
O estudo deve mudar o procedimento de médicos nos Estados Unidos. Atualmente, a orientação é para que a gordura abdominal seja analisada apenas em caso de tratamento de obesos.
Daqui para frente, os cientistas ensinam que a fita métrica deve ser um bom aliado até de quem está de bem com a balança. Se notar que as medidas na cintura estão aumentando muito, ainda que o peso continue dentro da média, os pesquisadores orientam a cortar calorias e fazer exercício físico para diminuir as gordurinhas da barriga.
Fonte : Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário