Google+ Badge

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Uso incorreto de lentes pode cegar

Lentes de contato são uma opção prática para muitas pessoas com problemas de visão. Mas especialistas alertam: seu mau uso traz risco de cegueira. Estudo conduzido pelo oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier (Campinas), mostra que 2 em cada 10 brasileiros que usam lente de contato têm complicações na córnea.
Desde setembro tramita na Câmara Federal parecer do Conselho Federal de Medicina para que a prescrição de lentes seja feita exclusivamente por oftalmologistas. Queiroz Neto destaca que as complicações atingem mais quem compra lentes em farmácias ou óticas sem prescrição médica. "Para evitar ferimentos na córnea é preciso fazer vários exames. Nem toda pessoa pode usar lente de contato. Quem tem baixa produção lacrimal ou doenças alérgicas pode não ter boa adaptação", exemplifica.
Segundo o especialista, mesmo as lentes indicadas para uso noturno devem ser retiradas antes de dormir porque à noite a produção de lágrimas é menor. Dormir com lentes de contato ou usar além do tempo prescrito reduz a oxigenação da córnea. "Isso aumenta em até dez vezes a chance de contrair contaminação por bactérias que podem levar à ulcera corneana e à cegueira", diz.
Outro erro comum é lavar a lente e o estojo com soro fisiológico, em vez de usar soluções apropriadas. "O soro não contém conservantes e se torna um campo fértil para a proliferação de bactérias e fungos."
O oftalmologista recomenda, ainda, lavar cuidadosamente as mãos antes de manipular as lentes de contato. Outras providências importantes são trocar o estojo a cada quatro meses e nunca entrar no mar ou na piscina com as lentes. No caso de viagens de avião, elas devem ser retiradas se o voo durar mais de três horas. E, a qualquer desconforto, deve-se procurar oftalmologista.
Fonte : Jornal O DIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário